FORMATO DAS APRESENTAÇÕES

Apresentação Tradicional

Trata-se de uma apresentação de no máximo 15 minutos para cada trabalho, seguida de debates imediatos ou ao final da sessão, a critério do coordenador da sessão. Nesta forma de apresentação, a plateia se distribui no usual layout de auditório. Utiliza-se vídeo projetor.


Para otimizar sua apresentação sugerimos a seguinte estrutura:

  1. Introdução: destaque o objetivo do trabalho e qual sua contribuição. Ou seja, por que seu trabalho é interessante?
  2. Referencial teórico: Evite definir conceitos. Lembre-se: seu público é especializado. Indique as fontes principais para cada conceito/construto.
  3. Apresente as hipóteses, quando for o caso, evidenciando de onde vêm, e se há algo novo nelas.
  4. Método: faça um quadro resumo, mostrando a origem de construtos, variáveis ou categorias. Importante: justifique suas escolhas em termos de método. Por que as categorias são ex post e ou ex ante? Por que são essas variáveis, considerando que há outras?
  5. Resultados: Invista a maior parte de seu tempo com seus resultados e ou contribuições. Isso é o que pode realmente interessar ao público. Explique o que os dados/achados significam, e não que são significativos. Ou seja, apresente os resultados, mas não perca tempo lendo tabelas, gráficos ou transcrições. As pessoas querem ver a reflexão dos achados, para poder contribuir, indagar.
  6. Conclusões: qual foi a contribuição teórica e ou prática? O que foi aprendido? Quais as limitações? Quais seriam os próximos passos? E convide o público a ler o trabalho e fazer contribuições posteriores.

Adicionalmente:

- Chegue ao menos 10 minutos antes do início da sessão;
- Faça perguntas e contribuições para os demais artigos apresentados na sessão;
- Em caso de dúvidas ou para mais informações, entre em contato via e-mail xsegoc@gmail.com